Publicidade

Nunca perca o carro de vista com o Google Now

02/05/2014 » Tecnologia » Intermediário
A mais recente versão do Google Now para Android tem um truque na manga: grava automaticamente a localização do nosso carro, assim que o estacionamos.
 
Já todos passámos por isso: a necessidade de estacionar à pressa faz com que, na volta, não nos lembremos onde deixamos o carro.
 
Mas este pode passar a ser um problema do passado, pelo menos para quem tem um telefone com Android 4.1 ou superior. Na mais recente versão do Google Now (a 3.4), esta funcionalidade do sistema operativo grava automaticamente a localização do carro, assim que o estacionamos.
 
Esta é uma grande vantagem sobre as muitas apps que existem para este propósito, dado que todas elas obrigam o utilizador a lembrar-se de as usar para gravar a localização do carro no parque de estacionamento. O Google Now funciona de forma automática porque usa o sistema Activity Recognition System (ARS), uma funcionalidade apresentada no Google I/O de 2013. Segundo o Ars Technica, o ARS recorre a informação do GPS, Wi-Fi, torres celulares, bússola, giroscópio, acelerómetro e barómetro para tentar perceber o que o utilizador está a fazer. Ao juntar todos estes dados, o ARS é capaz de dizer se estamos a caminhar, a conduzir ou a andar de bicicleta e despoletar um conjunto de ações baseadas nesta informação.
 
É assim que o Google Now consegue perceber que estacionámos o carro e já não estamos a conduzir. Quando deteta esta mudança, grava automaticamente a localização do veículo que passa a estar disponível numa “carta”.
 
Tal como todas as apps de localização esta funcionalidade só está disponível a céu aberto e não em estacionamentos subterrâneos.
 
 
Fonte: Exame Informática

Publicado por:

Rogério Mantoanelli @rmantoanelli
166 artigo(s) publicado(s)
Fundador do site "RogérioMaster", programador web desde 2002, especialista em PHP, jQuery. Comecei a programar server-side no ASP 3.0 e depois migrei para PHP onde estou até hoje. Já me aventurei em Action Script mas o mercado se afunilou muito e me dediquei ao PHP e jQuery.

Avalie esse post:

Comentários:

© Copyright 2018. Todos direitos reservados.